Exames Toxicológicos: resultados do primeiro ano

11/05/2017 às 12:02 pm
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

O Instituto de Tecnologias para o Trânsito Seguro (ITTS) promoveu, em parceria com o jornal Correio Braziliense no dia 27 de abril passado, um  fórum que apresentou o balanço de um ano da obrigatoriedade do exame toxicológico para motoristas profissionais. O evento, que ocorreu no auditório do jornal, contou com a presença de diversas autoridades e grandes especialistas das áreas de trânsito, tecnologia, saúde e políticas públicas.

Segundo Marcio Liberbaum, presidente do ITTS, que abriu o encontro, a obrigatoriedade do exame representa a primeira medida efetiva para combater o uso de drogas por condutores desde que o Código de Trânsito Brasileiro entrou em vigor em janeiro de 1998. No Brasil, os veículos pesados de carga, que representam apenas 4% da frota em circulação nas rodovias, estão envolvidos em 55% dos acidentes com mortes, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

O exame toxicológico de larga janela é uma tecnologia laboratorial que representa o que há de mais avançado para detectar o uso regular de substâncias psicoativas e uma poderosa arma na prevenção, no combate ao consumo de drogas e na efetiva redução da violência viária envolvendo motoristas profissionais“, afirmou o presidente do ITTS.

Entre os palestrantes que se apresentaram no evento estava o ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso; o ministro das Cidades, Bruno Araújo; o diretor da Polícia Rodoviária Federal, Renato Dias; o presidente do CONTRAN e diretor do DENATRAN, Elmer Vicenzi; o Procurador do Ministério Público do Trabalho, Paulo Douglas; o ex-presidente nacional da OAB, Marcus Vinícius Furtado Coelho; o presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Aeroespacial, o médico Marcos Cantero; o Diretor do Centro Multidisciplinar de Sonolência e Acidentes, Marco Túlio de Melo; o Coordenador do Movimento SOS Estradas, Rodolfo Rizzotto; o presidente da Ong de Vítimas TRÂNSITO AMIGO, Fernando DIniz; o  o ex presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, Henrique Calandra; o diretor da FECOMBUSTÍVEIS, Giancarlo Pasa e o médico PHd norte americano Barry Sample, membro do Colégio Americano de Patologia.

O Forum ITTS / Correio Braziliense contou também com o apoio institucional da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro, do Instituto Zero Acidentes, do Movimento SOS Estradas, do Laboratório LABET e da Ong TRÂNSITO AMIGO.

Acesso ao conteúdo do Fórum:

 www.correiobraziliense.com.br/correiodebate/exametoxicologico/

últimas Postagens