Golpistas vendem exames toxicológicos falsos

22/08/2017 às 4:45 pm
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

A realização do exame toxicológico de larga janela de detecção para emissão e renovação das carteiras nacionais de habilitação das categorias C, D e E é obrigatória no país desde Março do ano passado.  Apesar do relativo pouco tempo de vigência da lei, criminosos já atuam na venda de laudos falsos, tentando manter nas nossas ruas, estradas e rodovias motoristas profissionais usuários regulares de drogas.

A informação, veiculada pelo portal G1, desenha o funcionamento do esquema criminoso em Porto Alegre que atua contra uma política pública nacional voltada para a proteção da vida, da saúde e da integridade humana no trânsito. Segundo a denúncia, a quadrilha inicia o processo de abordagem nas proximidades dos órgãos de trânsito da cidade.

O indivíduo que compra o laudo para evitar de se submeter ao exame toxicológico, comete crime de estelionato. E além disso, não se livrará da realização do teste para a emissão ou renovação da carteira, uma vez que o laudo vendido pelos criminosos é falso.

Felizmente as autoridades estão atentas a esse tipo de procedimento, que são insignificantes diante do número total de exames realizados.

Vale a pena relembrar ainda que, além de cometer e compactuar com a prática criminosa, associar-se à esse tipo de esquema é permitir que usuários de substâncias psicoativas continuem guiando livremente veículos pesados país afora. E nunca sabemos quem poderá ser a próxima vítima nessa tragédia…

Fonte

últimas Postagens