Carros inteligentes são destaque do Salão de Shanghai

15/05/2017 às 3:41 pm
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Publicado em: CRI

“Hoje vai chover, você trouxe o guarda-chuva?”, pergunta uma voz. “Esta é a melhor rota para você neste engarrafamento.” Sejam bem-vindos os carros inteligentes do futuro.

  Os gigantes da internet da China embarcaram nos carros inteligentes, que se tornaram o centro das atenções do 17º Salão Internacional do Automóvel de Shanghai, que concluirá na sexta-feira.

  O fabricante SAIC Motor apresentou o modelo Roewe I6, um carro inteligente que dá conselhos ao motorista sobre o tempo e o estado do trânsito.

  O que faz “inteligente” o carro é um “cérebro” conectado à internet, um sistema operacional denominado Banma (“zebra”), desenvolvido conjuntamente pelo SAIC e o gigante do comércio eletrônico Alibaba.

  “Não queremos só que os motoristas possam navegar na internet do carro”, explicou o presidente do SAIC, Chen Zhixin. “Consideramos o carros um terminal inteligente que incorpora telecomunicações, mapas, música e funções de manutenção”, detalha.

  Pelo menos dez fabricantes apresentaram no salão modelos com “cérebros” inteligentes, entre eles o NIO da Nextev e o Singulato da Zhicheauto. A Nextev é uma fabricante de automóveis com participação de gigantes de internet como Tencent, e a Zhicheauto é uma empresa de internet.

  Xu Heyi, presidente da companhia BAIC de Beijing, opinou que os carros inteligentes com acesso à internet têm grande potencial e que as empresas de internet contam com uma grande vantagem neste âmbito.

  Apesar da presença de companhias de internet na exibição, o panorama dos carros inteligentes não é tão promissor.

  A empresa de entretenimento da internet Le Holdings entrou na indústria automobilística no ano passado, quando revelou o modelo de conceito LeSee, de motor completamente elétrico e sem motorista.

 A mesma companhia anunciou também no ano passado planos de investir 20 bilhões de yuans (US$ 2,9 bilhões) para estabelecer uma fábrica na cidade de Deqing, na Província de Zhejiang, no leste da China, planejando produzir 400 mil veículos elétricos por ano, e iniciou um recrutamento global.

  No entanto, o novo participante da indústria automotriz está ausente do salão de Shanghai, e o público duvida da solidez de sua cadeia de capital, pois a empresa teve que desenhar uma cadeia industrial completamente nova.

  A Le Holdings informou à Xinhua que não participa do salão porque continua concentrando-se no desenvolvimento do produto, os preparativos para a fabricação e a solicitação das permissões para manufaturar veículos elétricos.

  A startup chinesa Nextev apresentou seu modelo NIO ES8, um SUV de sete assentos e informou que sua meta é produzir SUV de peso “normal”, pois as baterias de carros elétricos são pesadas.

  A Nextev enfocou seus esforços na tecnologia de baterias, fundamental no setor, e fez uma parceria com a montadora tradicional JAC Motor, cuja sede fica na Província de Anhui, no leste.

  A Nextev confia em seu modelo de negócio e anunciou que o ES8 chegará ao mercado no fim do ano.

  A Harman International aproveitou o salão de Shanghai para anunciar sua parceria com o Baidu, gigante de inteligência artificial (IA) chinesa, para desenvolver conjuntamente sistemas de IA em carros com uma plataforma aberta a fornecedores de aplicações.

  “A automação e a tecnologia de internet tornaram os veículos computadores móveis. Os automóveis do futuro podem fazer download de novas funções através de sistemas operacionais próprios, disse Wang Xia, diretora do departamento de indústria automobilística do Conselho de Promoção do Comércio Internacional da China.

  “Semelhante à popularização do wifi, as funções e novas aplicações apoiadas pela internet se tornarão configurações normais em todos os carros”, previu Zhou Ping, vice-presidente da Banma Technology, uma joint venture entre a Alibaba e SAIC Motor.

últimas Postagens