Projeto da cápsula supersônica do dono da Tesla

08/08/2017 às 4:44 pm
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Publicado em: R7

O plano Hyperloop One completa exatos 4 anos neste mês de agosto e, finalmente, ele parece que sairá do papel. O cérebro pensante por trás da cápsula supersônica que promete transportar pessoas em uma velocidade média superior aos 1.000 km/h é Elon Musk, dono da Tesla Motors, montadora norte-americana de carros elétricos, e da empresa de foguetes espaciais SpaceXEntenda a proposta do Hyperloop One.

Musk quer revolucionar o transporte de seres humanos e cargas através de um sistema interurbano de túneis gigantes de baixa pressão. As cápsulas de alumínio ficam suspensas, evitando contato com os trilhos, e o objetivo é que o tubo metálico, pelo qual a cápsula passará, seja mantido sob estado de vácuo para eliminar entradas de ar e atingir a velocidade pretendida de 1.220 km/h.

O magnata quer que o Hyperloop One seja o quinto meio de transporte no mundo. Os outros quatro são: rodoviário, ferroviário, fluvial e aéreo. Até o momento, nas fases de teste, a maior velocidade atingida pelo Hyperloop foi de 320 km/h em um deserto próximo a cidade de Las Vegas, Nevada, no Estados Unidos. Ou seja, números ainda estão muito distantes do estabelecido.

Nas apresentações iniciais, Elon Musk anunciou que o hyperloop poderia ligar as cidades de Los Angeles e São Francisco, ambas na Califórnia, em menos de 30 minutos, o que daria uma velocidade média superior aos 1.000 km/h, já que a distância entra elas é de 615 km. Musk disse que um hyperloop entre Los Angeles e São Francisco custaria menos de 6 bilhões de dólares e levaria de sete a dez anos para ser finalizado. Porém, a afirmação foi feita em 2013; a cotação atual não foi divulgada.

O magnata disse que tem um acordo “verbal” com o governo norte-americano para começar a construir o sistema. Porém, este ligará as cidades de Nova York e Washington, separadas por 328 km/h, em menos de meia hora.

 

últimas Postagens