Táxi feminino: iniciativa pelo fim do assédio

08/03/2017 às 2:51 pm
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

O Brasil possui números assustadores em relação à violência contra mulher. Só de agressões físicas, a média é alarmante: 503 brasileiras são vítimas a cada hora. O ir e vir nas grandes cidades é um dos grandes problemas enfrentados diariamente em razão, por exemplo, do assédio nos transportes públicos.

Por conta dos frequentes relatos de amigas que passavam por situações desconfortáveis – e perigosas no seu dia-a-dia, o paulista Charles-Henry Calfat lançou em 2006 o aplicativo “Femitaxi”, dedicado exclusivamente à táxis femininos. Segundo pesquisa de mercado realizada antes do lançamento da ferramenta, 56% das mulheres preferem taxistas do mesmo sexo.

A tecnologia já funciona em São Paulo e em Belo Horizonte, e a expectativa é que logo seja lançada também no Rio de Janeiro, Recife e Porto Alegre. Até o momento, cerca de 10 mil mulheres baixaram o aplicativo.

Fonte

últimas Postagens