Tecnologias embarcadas estão distraindo motoristas

05/10/2017 às 1:29 pm
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Publicado em: Adrenaline

Atualmente, os carros ainda não possuem tecnologia suficiente para dirigirem totalmente sozinhos por aí, mas já possuem sistemas de entretenimento avançados em seu interior. Esses sistemas, de acordo com a Associação Automobilística Americana (AAA), podem oferecer perigos para os motoristas.

De acordo com o LA Times, um estudo feito pelo órgão indica que os motoristas estão se distraindo com os sistemas de infotainment enquanto dirigem, o que está criando perigo no trânsito.

Em uma pesquisa feita com 120 motoristas e 30 carros modelo 2017, o órgão concluiu que ações como programar um destino no mapa podem exigir até 40 segundos da atenção do motorista em certos sistemas.

“Alguns sistemas podem criar condições não seguras para os motoristas aumentando o tempo que eles ficam com os olhos fora da estrada”, explica o diretor da Fundação pelo Tráfego Seguro da AAA, David Yang.

Segundo Yang, alguns sistemas são mais perigosos por não levarem em conta a segurança do motorista, adotando interfaces complicadas e deixando de lado tecnologias como controle por voz. “Quando a tecnologia para o carro não tem um design apropriado, tarefas simples se tornam complicadas e podem exigir mais esforço do motorista”.

Segundo a AAA, pelo menos 10% de todas as mortes que acontecem no trânsito dos Estados Unidos ocorrem por distração do motorista. Segundo o relatório anual da National Highway Traffic Safety Administration, 3477 motoristas e passageiros perderam a vida em acidentes causados por distrações em 2015, o que mostra a importância de discutir o assunto.

últimas Postagens